Archives for posts with tag: Tecnologia

Os e-books, tal como livros físicos, têm peso. De acordo com um cientista da computação na Universidade de Berkeley, um leitor de e-books de 4GB com 3.500 e-books pesa um bilionésimo de um bilionésimo de um grama mais do que se estivesse sem dados – uma diferença que é aproximadamente o mesmo peso de uma molécula de ADN. O mesmo número de livros físicos pesaria cerca de duas toneladas.

São não só mais leves do que os seus homólogos impressos, mas também são mais baratos, acessíveis instantaneamente em qualquer parte do mundo e ilimitado em termos de oferta. Por estas razões e não só, o crescimento do uso dos e-books tem vindo a crescer.

Mesmo que os livros físicos tenham ganho luta na forma de contar histórias, eles não estão a começar a desaparecer. A presença física (e duradoura) tornou-se importante num mundo tecnológico rodeado de mudança. Em vez de “matarem” os livros físicos, os e-books fizeram com que se criasse uma espécie de fetiche pelas páginas impressas.

Os editores começaram então a lançar novas edições, mais apelativas à visão e mais caras, quase como objetos de arte para uma prateleira. Fitas de marcador, tipografia artística, chapas metálicas e impressionantes capas coloridas fazem parte da reembalagem de clássicos que muitas vezes encontram-se disponíveis gratuitamente on-line.

A industria literária é mais um dos casos de adaptação e aproveitamento da tecnologia. Os livros ganharam uma nova magia e para os amantes da tecnologia os e-books são certamente a solução.

Advertisements

O uso de novas tecnologias na educação é cada vez maior e começa cada vez mais cedo. Em muitas escolas básicas já podemos ver miúdos de 6-7 anos teclarem num iPad, lerem os seus manuais escolares ou até mesmo interagir com o professor através dos tablets. A nova geração parece até que nasceu programa para usar a tecnologia touch. O ensino teve inclusive que se adaptar a estas mudanças. Serão estas ferramentas demasiadamente valorizadas no processo educativo? Torna-se assim necessário refletir sobre este assunto que tem impacto no crescimento das novas gerações.

Na minha opinião o grande passo que se deu em Portugal, dentro das tecnologias na educação, foi a divulgação do projeto Magalhães. A venda destes mini computadores a preços reduzidos não só levou os educadores e pais a uma aprendizagem de um ensino e educação diferentes mas também levantou alguma polémica porque grande parte dos miúdos não sabia dar o uso devido às novas ferramentas.

Há que enquadrar estes novos dispositivos e tecnologias no ensino. Quando bem aplicados e utilizados os tablets e softwares pedagógicos na educação podem atingir resultados bastante satisfatórios, ainda que os livros, a tradicional ardósia, o lápis e o papel não devam ser retirados. No fundo as novas tecnologias são um complemento à educação ou ao desenvolvimento cognitivo das crianças. Podemos pensar em casos concretos como o de jovens com deficiências que através da tecnologia e de estímulos “digitais” conseguem progredir ainda que a pequenos passos.

Assim os docentes e educadores devem ter um papel orientador e ao mesmo tempo de investigador já que podem ir acompanhando o feedback que os alunos dão ao uso de novas tecnologias.

Image

Pode ler um artigo sobre o tema aqui: http://noticias.terra.com.br/educacao/ipad-vai-revolucionar-o-ensino-diz-criador-de-escolas-steve-jobs,5d539195293ef310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Fonte: Scoop.it

João Serralha, 20130069

Numa altura em que são cada vez mais os indivíduos que sofrem invasões nas suas contas pessoais de Facebook, Email, ou até as contas bancárias online são alvo de fraudes, acho que é importante reflectir sobre este assunto que um pouco se relaciona com privacidade.

Primeiro importa saber o que é uma password. Uma palavra passe permite-nos guardar e ao mesmo tempo proteger as nossas páginas, contas, dados sem ataques de desconhecidos. No fundo é uma senha de acesso a algo no mundo digital.

Por exemplo no site de pagamentos online PayPal, que se intitula o mais seguro da Internet, é muito importante ter uma Password segura já que na nossa conta estão guardados dados bancários como códigos, Nibs e extratos das nossas contas. Seria péssimo se alguém conseguisse aceder à nossa conta e começa-se a fazer pagamentos ou transferências com o nosso dinheiro. Daí ser importante ter uma palavra-passe segura.

No momento em que se escolhe uma password muitas pessoas criam palavras estranhas, sequências de palavras e números, mas outras se ficam por códigos óbvios, ou pelas primeiras letras do teclado do computador.

A empresa SplashData, num estudo, tentou perceber quais as passwords mais utilizadas pelos cidadãos e quais aquelas que se devem evitar. No relatório de 2013 a empresa diz-se surpreendida pelo facto de “password” já não estar no topo da lista, mas no seu lugar “123456”. A empresa elaborou também uma lista com as 25 piores passwords do ano passado, logo são aquelas mais fáceis de descobrir.

Image

Para mais informação: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=680469

Fonte: Diário Digital através do Scoop.it,

João Serralha, nº 20130069

 

 

Image

Segundo a SplashData, pela primeira vez a palavra “password” perdeu o primeiro lugar na sua lista anual de piores palavras-passe dando lugar à sequência numérica “123456”.

 Permanecendo no terceiro lugar desde 2012 está “12345678”, enquanto”qwerty” e “abc123” surgem em quarto e quinto lugar.   

 Devido a empresa Adobe que passou a informação da utilização generalizada de palavras-passe de segurança baixa aos utilizadores da sua empresa como o Photoshop, os resultados do relatório da SplashData deste ano saíram deturpados.

 Especialistas da área recomendam a utilização de palavras-passe baseada numa série de palavras-aleatórias, números e caracteres, fáceis de memorizar, mas não de tentar adivinhar.

 

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=3644457&page=1

 

Imagem

A alegada traição do presidente francês François Hollande é mais um dos casos polémicos de famosos, descoberto pela comunicação social.

Para além da mediatização ganha, esta polémica foi vitima de troça nas redes sociais. A partir daqui nasceu a ideia para a criação de jogo.

O jogo consiste em retratar o modo como o presidente francês se encontrava com amante, isto é, retrata o facto de Hollande ir disfarçado ter com a amante, numa scooter.

Aqui fica o link para o jogo, que já tem milhares de utilizadores.

Fonte: jn.pt através de feedly

Google Glass Sex é a nova aplicação do google, é apresentada como a nova aplicação para “apimentar” relações.
Tem o nome de Sex with glass e ainda não está disponível no mercado, a sua preparação ocorre em Londres e promete revolucionar a vida de muitos casais.
Sherif maktabi, responsável pela aplicação (app) revelou ao jornal The Guardian que “a intenção não é gerar polémica, mas sim contribuir para novas experiências, melhorando a vida dos casais,
Esta app permite observar tudo aquilo que o outro membro da relação está a fazer ou a ver, permitindo visualizar de vários ângulos a relação podendo gravar tudo aquilo que o utilizador desejar. Não existe entraves no campo da privacidade, pois o Google Glass elimina automaticamente qualquer gravação ao fim de cinco horas.
Para além disto, os óculos poderão dar sugestões durante a relação, como os gostos do parceiro ou o que deve ser melhorado para que a relação perdure.

 

Fonte: http://www.tecnologia.com.pt/2014/01/google-glass-sex-pode-apimentar-sua-relacao/Imagem

 

Imagem

Para quem tinha saudades do robô policia mais famoso de sempre, não precisa de esperar mais. Foi lançado o videojogo do Robocop para iOS e Android.

Robocop é a personagem principal num jogo de ação tática que promete muitos tiros, destruição e explosões. Mesmo não tendo gráficos de última geração, Robocop apresenta-se com um aspeto visual apelativo.

O objetivo do jogo passa por ultrapassar níveis e no meio destes é possível a atualização de vários equipamentos para que a luta contra os vilões possa ser feita de forma mais intensa.
O jogo está construído de forma a que os jogadores fiquem tentados a comprar (com dinheiro verdadeiro e não dinheiro fictício ganho no jogo), elementos extra que permitem avançar no jogo de forma mais rápida.

Fonte: tek.sapo.pt através de Facebook

A Panono é uma bola composta por 36 câmaras de dois megapixéis que regista fotografias panorâmicas a 360º.

Para tirar as fotografias é necessário atirar a câmara bola ao ar e quando esta atingir o ponto mais alto, a imagem é capturada. Outra maneira mais simples de tirar fotografias é a agarrar na bola com a mão e carregar no botão, como acontece com as câmaras que conhecemos melhor.

O dispositivo de 4,33 polegadas e 300 gramas produz imagens com 108 megapixéis de resolução, segundo os seus criadores. Pode ligar-se via Bluetooth ou Wi-Fi a um smartphone ou tablet e tem memória interna para armazenar até 400 fotos.

As 36 câmaras tiram uma fotografia cada, o que nos dá a possibilidade de ver a imagem em várias panorâmicas e, mais tarde, partilhá-la nas redes sociais.

Fonte: tek.sapo.pt através de Facebook
Video disponível em: youtube.com

Empresa do Google tem um projecto para criar um telemóvel onde podem ser encaixadas peças com diversas funcionalidades.

A Motorola, uma fabricante americana de telemóveis que foi comprada pelo Google, anunciou uma parceria com empresa de impressão 3D , com o efeito de criar componentes para o Projecto Ara, um conceito de telemóvel em que os utilizadores podem combinar módulos com diferentes funcionalidades.
A empresa, chamada 3D Systems, vai desenvolver uma linha de impressão de alta velocidade, que deverá ser capaz de criar componentes funcionais.
O  Projecto Ara, anunciado no mês passado pela Motorola, quer criar um telemóvel que pode ser configurado de acordo com os gostos e as necessidades do utilizador, estes módulos podem ter apenas efeitos estéticos, ou podem mesmo ser funcionais, por exemplo,  uma segunda bateria para aumentar a autonomia do dispositivo ou uma câmara mais potente.

Esta tecnologia também permitirá substituir, mais facilmente, componentes que estejam avariados ou fazer actualizações para melhorar o desempenho do telemóvel, como instalar um novo processador ou mais memória.

A Motorola já tinha trabalhado com a 3D Systems num projecto em que disponibilizava tecnologia sofisticada de impressão 3D e telemóveis para que os interessados fizessem experiências.

Fonte: Jornal Público

O WhatsApp é actualmente responsável por processar mais de 50 mil milhões de mensagens de texto por dia, segundo avançou o director-executivo da empresa durante a conferência DLD, na Alemanha.
Os novos números representam quase o dobro dos dados avançados pela empresa em Junho do ano passado, onde havia anunciado servir de plataforma para o envio diário de 27 mil milhões de mensagens.
WhatsApp já processa 50 mil milhões de mensagens diárias
 
Está na possibilidade destes números poderem ser superiores ao número de mensagens enviadas diariamente em todo o mundo. Esta estimativa partiu de Benedict Evans, um analista de mercado. Contudo, isto é apenas especulação, uma vez que existem dados recentes e concretos para comparar com as estatísticas do WhatsApp.
O WhatsApp conta com uma base actual de 430 milhões de utilizadores em todo o mundo.
 
Fonte: Jornal I