Foi no dia 22 de Janeiro que a China sofreu o maior ataque de bloqueio do servidor na história da rede. Segundo dados revelados pela multinacional informática, Compware, este “apagão” durou uma hora, mas o seu efeito prolongou-se durante mais sete.

Esta situação afectou principalmente os campos terminados em “.com” e “.net” e todas as empresas com negócios online do país, bem como as plataformas de comércio electrónico.

As vendas do comércio electrónico sofreram um impacto de cerca de 200 milhões de dólares ( 147 milhões de euros). 

 

 

Fonte: Jornal de Notícias

Pode ler-se o artigo em: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=3648855&page=2