yahoo

 

Henrique de Castro, o português que foi contratado ao Google para diretor de operações do Yahoo (COO, na sigla inglesa), um dos cargos mais altos na multinacional americana, deixa na sexta-feira o cargo. Foi anunciado num documento entregue na passada quinta-feira ao regulador dos mercados financeiros. Henrique de Castro “vai deixar a empresa, com efeitos a 16 de Janeiro de 2014”, diz o Yahoo, sem mencionar motivos e acrescentando apenas que o executivo receberá a compensação acordada.

Henrique de Castro, que exercia o cargo desde Janeiro de 2013, foi contratado no final de 2012 pela ex-colega no Google Marissa Mayer, que poucos meses antes tinha assumido a liderança do Yahoo. A ideia era então que Castro fosse o braço direito de Mayer, mas algo não correu como pretendido, acabando agora em rutura.

A notícia surge também pouco tempo antes de o Yahoo comunicar resultados trimestrais. No terceiro trimestre de 2013, a empresa registou quebras de receitas. Uma das tarefas de Henrique de Castro era rentabilizar o negócio de publicidade da empresa.

Tinha um belo ordenado de 441 mil euros, tendo recebido um bónus aquando da assinatura do contrato de um milhão de dólares.

Fonte: http://www.publico.pt

Advertisements