Com a evolução tecnológica, nomeadamente da Internet, os hábitos de consumo da sociedade contemporânea sofreram alterações. Os consumidores tornaram-se participantes activos nas plataformas preocupando-se em mostrar as suas opiniões, reflectindo os seus interesses em prol da defesa dos seus direitos, contribuindo assim com as grandes marcas que dominam o mercado. O que permitiu esta nova atitude por parte dos consumidores foi o carácter interactivo e colaborativo da Internet 2.0 que proporcionou condições para os cidadãos expressarem livremente a sua opinião, originando assim o novo consumidor. Blogs e redes sociais são as principais plataformas online através das quais os consumidores deixam o seu testemunho. As empresas tiveram um importante contributo para a participação activa dos consumidores, devido ao facto de utilizarem os media sociais como estratégia para cativar o interesse dos cidadãos. O consumidor foi ganhando confiança nos media sociais que têm um papel fundamental em aspectos relacionados com o consumo. Ou seja, a relação entre os meios de consumo e o consumidor torna-se melhor devido às condições proporcionadas pelos media. O factor de maior relevância consiste em que os gestores de conteúdos digitais compreendam as necessidades do consumidor para irem ao encontro das mesmas, daí o espaço digital funcionar como balcão de atendimento, pois através dos blogs e redes sociais os cidadãos podem fazer as suas críticas e reclamações de uma forma rápida o que facilita ambas as partes.

Advertisements