A Kellogg’s do Reino Unido lançou em Dezembro de 2013 a campanha “Help Give a Child a Breakfast” que promete dar pequenos-almoços e lanches para as crianças carenciadas por cada partilha da campanha no Facebook, retweets no Twitter e visualizações no Youtube.

A polémica surgiu no Twitter, após a publicação do tweet: “1 RT = 1 breakfast for a vulnerable child”. Muitos seguidores afirmaram que a empresa estava a usar uma estratégia de marketing oportunista e sentiram-se ameaçados.  As dúvidas dos seguidores que demonstraram desagrado com a publicação, debruçavam-se no facto de a empresa apenas doar alimentos em troca de publicidade e porque razão a campanha não era feita de forma genuína. As reacções tiveram um enorme impacto, o que levou a empresa Kellogg’s a fazer um pedido de desculpas no twitter pela linguagem utilizada. 

Após o pedido de desculpas, a campanha teve um grande impacto e adesão, sendo que o objectivo é doar 15 milhões de refeições a crianças carentes do Reino Unido.

 

Advertisements