A Microsoft decidiu prolongar a disponibilização de atualizações de serviços de segurança para Windows XP até julho de 2015. Apesar destes serviços se manterem operacionais, o fim do suporte ao XP continua agendado para dia 8 de abril de 2014.

O Windows XP é utilizado por cerca de 30% dos computadores da família Windows, o que ainda equivale a uns quantos milhares de utilizadores. Com a mudança de planos de manter os sistemas de segurança minimamente atualizados a Microsoft pretende, provavelmente, atenuar o impacto que a sua decisão terá.

Por e-mail, Nuno Ricardo, gestor de Produto Windows Client, explica a diferença entre atualizações de sistema operativo e atualizações de sistemas de segurança: «Uma vulnerabilidade depois de detetada, tem um padrão de ataque conhecido e rapidamente é desenvolvido e entregue um update aos antivírus, que passam a bloqueá-lo. O PC fica protegido mas não totalmente, já que os antivírus não são 100% eficazes. O sistema só fica protegido depois de receber um update que corrija essa vulnerabilidade. Estes updates não vão mais ser desenvolvidos para o XP a partir de Abril de 2014. O anúncio recente inclui apenas as assinaturas para os antivírus da Microsoft. Embora seja reduzido, o risco continuará presente e as recomendações de migração para um sistema operativo moderno e atualizado mantêm-se».

Fonte: Exame Informática através do Feedly

Advertisements