O documentário “Us Now” fala-nos sobre diferentes tipos de sites na internet que hoje em dia tentam que o que já é existente, mude um pouco, ou seja, o que estamos habituados a assistir durante anos pode mudar por estranho que pareça, sendo que alguns desses sites são sobre um clube de futebol, um banco, “couch surfing” (onde as pessoas procuram sítios para ficar, on-line, esperando assim encontrarem um inquilino que lá os deixe permanecer por um determinado tempo), um projecto onde “os fãs fazem” a banda chamado “Slice The Pie” dentro da base de dados, radio-funções e ainda outro projecto associado a ferramentas de construção chamado “The Point”.

Com este documentário podemos ver o quão a internet revoluciona o nosso mundo chegando a mudar até mesmo o governo, desafiando hierarquias. Notamos vários projectos onde qualquer um se pode envolver, onde o poder  de transparência é visível , um mundo onde uma marca pode iludir o público com a sua propaganda sendo essa marca feita por pessoas vulgares. Com todos estes benefícios poderíamos alcançar tudo o que queríamos, contudo, é um mundo de apostas, onde um clube é gerido por fãs, um banco gerido e financiado por nós próprios, habitações onde não sabemos o que está para lá do desconhecido, onde nos podem persuadir, pergunto-me assim quão seguro é tudo isto quando não há como saber o que esperar pois não há cem por cento de certezas. De certo que estas funcionalidades poderiam ajudar o mundo a crescer e a tornar-se num só, onde todos éramos “iguais” em termos hierárquicos, mas não penso que esta reversão do padrão humano , se continuar a evoluir desta forma, traga realmente estabilidade para todos nós, pois haverá sempre quem queira liderar, ter mais e melhor.

Advertisements