Engenheiros portugueses começaram a desenvolver um receptor de GPS/Galileo que através da medição da superfície da água, pode eventualmente vir a prever com elevada precisão tsunamis, inclusive já foram feitos testes no topo do Padrão dos Descobrimentos e os resultados são esperados para Março ou Abril.

A tecnologia é referida como refletometria e não necessita de manutenções periódicas. Utilizando cálculos geométricos, determina-se qual a altura da superfície aquática, como mar e rios e como aplicações possíveis contam-se a determinação da altura e da frequência das ondas sendo assim uma técnica que usa os sinais de GNSS ou de GPS/Galileo como fonte.

No valor de 2,8 milhões de euros, o projecto europeu dura três anos, no final dos quais a equipa da DEIMOS Engenharia espera ter um instrumento que poderá ser instalado em qualquer zona costeira.

Fonte: Tvi24 através de Google News

Advertisements