Só em 2013 a Apple registou 60 biliões de aplicações descarregadas da sua loja online

Só em 2013 a Apple registou 60 biliões de aplicações descarregadas da sua loja online

A criação de aplicações é um dos novos grandes negócios tecnológicos. Para criar uma App não é preciso grandes conhecimentos e há até quem já receba um segundo ordenado com este par-time.

Está praticamente ao alcance de qualquer pessoa programar o seu smartphone e depois partilhar essa “aplicação” com o mundo inteiro. Existem até concursos como o Appy Day,  que levam milhares de equipas internacionais rumo a Lisboa, à Lx Factory, promovendo o talento e creatividade. O desafio é a criação de uma aplicação mobile, para telemóvel ou tablet, em menos de 24 horas.

Na edição deste ano a aplicação vencedora foi a “Pharmassist” que pretende melhorar o dia-a-dia de pessoas com mais de 65 anos, ou com alguma deficiência visual. É uma app de realidade aumentada, que reconhece etiquetas emissoras colocadas em caixas de medicamentos, e traduz as mesmas para linguagem oral e descomplicada – “Este é o medicamento para o Colesterol. Tome agora, 2 comprimidos.”
Com a oferta tecnológica de smartphones e tablets a crescer as apps desempenham cada vez mais um papel fundamental na vidas dos utilizadores. As Apps permitem-nos tirar fotografias e partilhá-las à distancia de um toque com vários grupos, agendar eventos e receber notificações ou alertas desses eventos, tomar notas, ter a nossa biblioteca musical organizada ou até ler um livro.

Algumas das lojas de aplicações mais conhecidas e usadas são a App StorePlay StoreBlackbery World, a Samsung Apps e a Windows App Store

Fonte: Scoop.it

Advertisements