ImageInspirado no Google Glass, chega ao mercado um novo produto que, através de inteligência artificial, auxilia invisuais a ler ou identificar objetos. Basta apontar para o objeto e, com a ajuda de uma pequena câmara presa à armação dos óculos, identifica ou ajudar a procurar o objeto em questão. Um pequeno vídeo disponível na internet mostra como esta nova tecnologia pode ajudar a superar a limitação   (http://www.youtube.com/watch?v=nrWfLAh2T3k ). Neste vídeo, a mulher, Liat, consegue realizar várias tarefas consideradas simples, mas impossíveis para quem tem este tipo de limitações, como identificar o número do autocarro ou até mesmo ler um cardápio, com a ajuda deste equipamento. Este sistema, que torna os óculos capazes de ler e descrever textos e objetos, por enquanto encontra-se disponível apenas nos Estados Unidos.

Inúmeros investigadores de todo o mundo, exploram o potencial da tecnologia de modo a associa-la a soluções de acessibilidade e visão computacional, para assim ajudarem deficientes visuais a ter mais autonomia, superando os softwares e aplicativos para smartphones hoje disponíveis.

Existe ainda uma outra invenção capaz de ajudar deficientes visuais com capacidade de perceção de luz a melhorarem sua orientação espacial criada por Stephen Hicks, pesquisador de neurociência da Universidade de Oxford. Este desenvolveu uns óculos que detetam formas tridimensionais e permitem ao utilizador ver objetos próximos. O produto é composto por duas câmaras na parte frontal da armação que captam as imagens e as exibem numa tela OLED transparente na parte interna, criando assim um sistema de realidade aumentada para orientar o deficiente em relação ao que está na sua frente. Estes óculos possibilitam assim um maior conhecimento do espaço ao utilizador, dando-lhe mais confiança e autonomia.

O desenvolvimento das tecnologias possibilita então a criação de soluções para os necessitados. Não nos devemos esquecer deste tipo de pessoas com dificuldades, devemos aproveitar o desenvolvimento tecnológico para a criação deste tipo de sistemas que podem realmente fazer a diferença na vida dos utilizadores, tornando assim mais fácil a realização de tarefas. Estes produtos não permitem ao utilizador recuperar a visão, mas dá-lhes um mais fácil acesso à informação que procuram.

Fonte: blogs.estadao.com.br, através de Scoop.it

Advertisements