Uma das questões mais colocadas hoje em dia prende-se com as telecomunicações, que parecem estar a desenvolver-se à velocidade da luz. O pplware aborda esta temática e interroga-se sobre “o que esperar a nível de inovações e desafios, nesta área, no curto-prazo?” e ainda “como iremos continuar a interagir com os vários dispositivos móveis?”.

A constante evolução dos operadores móveis e a capacidade de inovação destes têm vindo a fazer crescer os serviços disponibilizados ao cliente. A voz parece estar a perder importância de outrora no meio, devido ao aumento das vendas de dispositivos móveis como, por exemplo, smartphones, tablets ou Notebooks, o que facilita a troca de SMS, emails e mensagens através de redes sociais. Posto isto, surge a questão, “será assim de esperar que a voz venha a ser um serviço tendencialmente gratuito?”

No que diz respeito ao hardware, os fabricantes de dispositivos móveis concluíram que o display deve ter uma dimensão mais reduzida para assim tornar mais rápida a utilização do dispositivo, o que consequentemente alarga a capacidade das baterias.

Image

Segundo a fonte, a  Electronic Wallet deverá igualmente ser uma solução no futuro próximo.  A massificação da integração de soluções NFC nos dispositivos móveis permitirá a integração de mais uma funcionalidade em smartphone ou tablet. Os vários cartões que guardamos em carteiras passarão para os nossos dispositivos móveis, permitindo aos utilizadores gerir, de uma forma mais cómoda, as várias iterações do quotidiano.

Os serviços LBS (Location Based Services), apresentam um imenso número de potencialidades a explorar, mas parecem estar ainda restritos ao Google e às redes sociais. Novos serviços poderão ser explorados, integrando o LBS em plataformas de comércio eletrónico ou servindo de suporte a lojas físicas, em serviços públicos e outros.

Com o aparecimento da internet e destas novas tecnologias a composição comunicacional sofreu alterações. As redes sociais mudaram totalmente a forma como as pessoas se expõem online, surgindo assim o relacionamento social digital. Surge um outro conceito, “Pegada Digital”, “que permanece na rede replicada por vários sites, atestando o nosso posicionamento na Internet ao longo da nossa vida.”

Os dispositivos móveis estão então a transformar os hábitos sociedade, facilitando e tornando mais cómodas várias práticas. Este tipo de equipamentos estão em constante evolução e que nos faz pensar sobre o seu futuro, sobre o que mais será criado e será possível de realizar através destes. Só nos resta aguardar para descobrir o que mais nos vai possibilitar a era digital. 

Advertisements